Concessão de Doutorado Honorífico a Alain Desrosières

Para marcar o 25º aniversário do CIRST, a instituição decidiu submeter a candidatura de um eminente pesquisador de nosso vasto campo de investigação – Ciência, Tecnologia e Sociedade (STS, na sigla em inglês) – para a concessão anual dos doutorados honoris causa da Université du Québec à Montréal. Nossa escolha rapidamente recaiu sobre Alain Desrosières, figura central da história e da sociologia das estatísticas, um domínio de pesquisa cuja fundação e formalização muito devem às suas contribuições. Através de suas numerosas publicações, muitas das quais se tornaram referências essenciais, dinamizou este novo campo a ponto de constituí-lo um dos principais pólos dos estudos STS.

Pesquisador dotado de conhecimentos enciclopédicos, tem sido responsável pela abertura de variados caminhos de investigação – posteriormente explorados por outros estudiosos -, além de elaborar regularmente brilhantes sínteses referentes aos estados sucessivos da estatística, enquanto repertório de ferramentas técnicas e instrumento de gestão das sociedades modernas, retirando sua legitimidade da autoridade da ciência e do Estado. Sua obra máxima, La politique de grands nombres: histoire de la raison statistique, editada em 1993 e que logo se tornaria um clássico, constitui-se em uma vasta síntese, ainda hoje não igualada. Em 2008, reuniu suas publicações em duas outras obras de síntese, Pour une sociologie historique de la quantification e Gouverner par les nombres, conjugando história internalista e história externalista. Pelo conjunto de sua obra, tem contribuído de maneira magistral para enriquecer nosso conhecimento sobre o desenvolvimento da estatística. A atribuição de um doutorado honoris causa a Alain Desrosières constituirá uma excelente forma de destacar o imenso mérito desta figura emblemática do domínio da sócio-história das estastísticas, situada no cruzamento entre ciência, tecnologia e sociedade.

Para mais informações: cirst@uqam.ca